CEASA Mato Grosso
CEASA Mato Grosso

70 mil alevinos são comercializados pela Empaer em apenas um dia

23/01/2018
AYRTON LONGO
0 COMENTÁRIOS

 

 

  Sexta-feira passada (19/01), a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) comercializou em sua estação de piscicultura no município de Nossa Senhora do Livramento (42 quilômetros ao sul de Cuiabá) cerca de 70 mil alevinos de tambatinga e tambacu, e a previsão é que mais 530 mil alevinos ainda sejam comercializados até o final do mês de abril.

 

  “Estou satisfeito com a atividade e toda produção tem mercado garantido” afirmou Otavino Ferreira Grapiúna, que começou a atuar na piscicultura como lazer e para consumo de sua família em 2002, e hoje possui uma atividade rentável. Apenas no ano passado vendeu aproximadamente 400 quilos de peixe limpo por R$ 8,00 o quilo, com uma renda de R$3.200,00. Esse ano já comprou cerca de 2.900 alevinos de tambacu para recria e engorda.

 

  Segundo Antônio Claudino da Silva Filho, chefe da estação de piscicultura em Nossa Senhora do Livramento, afirmou que além da venda dos alevinos, os técnicos da Empaer orientam os produtores sobre a criação e os cuidados necessários para que a atividade seja lucrativa. Para o primeiro dia, foram disponibilizados aos produtores alevinos medindo de três a cinco centímetros pelo preço de R$230,00 (milheiro), e de cinco a oito centímetros, R$280,00. Antônio ressaltou que nessa semana os produtores poderão comprar alevinos medindo de oito a dez centímetros por R$330,00 o milheiro.

 

  Enock Alves do Santos, engenheiro de pesca da Empaer e responsável pelo auxílio na produção de peixe, destacou alguns fatores importantes para o sucesso na atividade, tais como: manejo, alimentação e nutrição de peixes, qualidade e oxigênio da água, temperatura, densidade por metro quadrado, controle no cultivo de alevinos, entre outros. Enock afirmou que com as orientações corretas, os produtores podem obter até 25% de lucro na atividade. “Nosso clima é muito bom para o cultivo de peixe e em menos de um ano está pronto para o abate”.

 

  Santos destacou também que a implantação de um projeto de piscicultura em uma propriedade rural pode levar até oito meses. Mato Grosso possui uma produção de 75 mil toneladas de peixes por ano cultivados em tanques, segundo o engenheiro da Empaer.

 

 

 

  Fonte Empaer

 



Comentários

Novo Comentário

Nome

E-mail

Mensagem

O valor da soma 4 + 3 é: