CEASA Mato Grosso

Ceasa Mato Grosso é apresentada na maior feira internacional de alimentos e bebidas do Peru.

29/09/2017
AYRTON LONGO
0 COMENTÁRIOS

 

 

  O diretor presidente da Ceasa/MT, Baltazar Ulrich, apresentou o projeto de construção da Central de Abastecimento ontem (28/09) na maior feira internacional de alimentos e bebidas do Peru.

 

  A Expoalimentaria é considerada a maior feira peruana que destaca alimentos, bebidas, máquinas, insumos, embalagens, serviços, restaurantes, gastronomia, tudo relacionado a produtos para consumo dentro e fora do país.  A expectativa dos organizadores é que o evento receba aproximadamente 45.000 profissionais, entre importadores e exportadores, produtores, fabricantes de alimentos e fornecedores de máquinas e serviços para o processamento de alimentos.

 

  Com o tema da palestra “CEASA Mato Grosso: Centro logístico integrando o comércio de alimentos na América do Sul” no módulo de Oportunidades Comerciais na América do Sul, Baltazar apresentou o projeto de construção da Central de Abastecimento de Mato Grosso, mostrando como irá alterar o abastecimento de alimentos principalmente para os estados do norte do país.

 

  Baltazar afirmou que “Com a construção da Ceasa em Mato Grosso, estados como o Acre, Amazonas, Tocantins, Pará, Rondônia e Goiás começarão a buscar seus alimentos em Cuiabá, economizando muito tempo no transporte desses alimentos. Atualmente esses estados precisam buscar os alimentos em São Paulo. Já pensou no tempo que irão economizar ao buscar o alimento na metade do caminho? Com isso vão economizar no frete, comprando produtos com mais qualidade, pois ficarão menos tempo na estrada. A ideia é fazer com que o Peru, Chile e Argentina também possam buscar produtos em Mato Grosso. E também exportar para o Brasil através de Mato Grosso. Por isso que a Ceasa/MT é considerada um centro logístico, por estar localizada no centro do país”.

 

Esta estratégia também está alinhada com o Ministério de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), chefiado por Blairo Maggi que também participou da Expoalimentaria, pois pretendem eliminar as barreiras de comércio entre Brasil e Peru. Para o ministro, existe muito potencial a ser explorado na comercialização, já que a relação no agronegócio entre os dois países ainda é muito pequena, totalizando US$392 milhões em vendas externas brasileiras para o mercado peruano em 2016.

 

  O presidente da Ceasa/MT se reuniu também com o ministro Blairo Maggi e com o ministro da Agricultura do Peru, José Manuel Hernandez, para apresentar pessoalmente o projeto da central logística do Brasil.

 

  Baltazar foi o único palestrante brasileiro no evento e participou da delegação do MAPA liderada pelo ministro, que também era composta pelos secretários de Relações Internacionais do Agronegócio, Odilson Ribeiro e Silva, e de Defesa Agropecuária, Luis Rangel, com o presidente da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas), Luiz Roberto Barcelos, do senador Cidinho Santos e do Deputado Federal Adilton Sachetti.

 



Comentários

Novo Comentário

Nome

E-mail

Mensagem

O valor da soma 1 + 8 é: